Connect with us

Aprendizado

Corrida Pelo Ouro – Mas Será a Corrida Certa?

Nicole Rizzutti Lemos

Publicado

em

Tempo de Leitura: 4 minutos

Você estava entre os milhões de pessoas em todo o mundo que assistiram às Olimpíadas de Verão de Tóquio de 2020 – que aconteceram em 2021? Juntamente com as Olimpíadas de Inverno, esse evento televisionado globalmente exibe os pontos altos e baixos da competição em que homens e mulheres buscam honra para si e suas respectivas nações. 

Mais de 11.000 atletas de 204 países competiram nos “Jogos de Verão de 2020”, adiados até este ano devido às restrições impostas pela pandemia do COVID-19. Apesar da interrupção de um ano, todos tinham um só objetivo: os atletas suportaram treinamento exaustivo e rigorosas dietas, abstendo-se de toda e qualquer distração que poderia impedi-los de chegar ao ouro. A medalha de bronze, e mesmo a de prata, não eram boas o bastante. 

Na avaliação deles, qualquer sacrifício vale a pena. Uma atleta de alto desempenho, cuja expectativa era chegar ao fim das Olimpíadas com pelo menos seis medalhas, sofreu uma súbita crise emocional. Ela diria posteriormente: “A vida não tem a ver apenas com ginástica. Não somos somente atletas. Somos pessoas e, às vezes, é necessário dar um passo atrás.

A maioria de nós dificilmente consegue imaginar as exigências da “corrida do ouro” Olímpica. 

Muitos de nós, porém, temos encontrado algo semelhante em outras atividades da vida.  No ambiente atual de mercado, extremamente competitivo, bem como nos diversos aspectos da vida cotidiana, a corrida pelo “ouro” é constante e desenfreada. Uma expressão comum, embora áspera, descreve essa realidade: “a corrida do rato”. 

Jovens empreendedores se dedicam a ganhar dinheiro, ficarem ricos, milionários se possível. Executivos maduros e profissionais especializados estão no mesmo passo. Eles não se contentam com pouco. Querem o máximo que lhes seja possível adquirir ou alcançar – e rápido. Eles suportam todo o tipo de estresse e pressão, fazendo com que tudo o mais seja secundário: família, saúde, relacionamentos sociais, e mesmo atividades de lazer. Somente o ouro – e muito ouro – conta.  

Nós encontramos uma perspectiva bem diferente na Bíblia, abordando a futilidade do esforço para se ganhar aquilo que, no final, será perdido. O rei Salomão do antigo Israel, tido como o homem mais rico de todos os tempos, comentou: “Contudo, quando avaliei tudo o que as minhas mãos haviam feito e o trabalho que eu tanto me esforçara por realizar, percebi que tudo foi inútil, foi correr atrás do vento…” (Eclesiastes 2:11).    

Jesus Cristo, contando a história de um agronegociante diligente e ambicioso, que celebrava uma colheita recorde, advertiu: “…Insensato! Esta mesma noite a sua vida lhe será exigida. Então, quem ficará com o que você preparou?” (Lucas 12:20).  

Tenho sido encorajado por ver muitos empresários e profissionais que resistem a um estilo de vida que valoriza apenas o sucesso material, financeiro e socioeconômico.  Tendo observado as gerações que os precederam, especialmente os Baby Boomers”, as novas gerações avaliam o sucesso com outras medidas. 

Quanto vale ter uma família e relacionamentos sociais harmoniosos e saudáveis, paz de espírito e uma reputação irrepreensível? Como Jesus disse a Seus seguidores: “A vida é mais importante do que a comida, e o corpo, mais do que as roupas.” (Lucas 12:23).  

Que espécie de “ouro” está prejudicando o seu sono hoje, fazendo com que você se afaste de sua família, ocupando tantas horas do seu dia que você não tem tempo para uma refeição saudável ou um horário para cuidar de sua saúde física?  Jesus estabeleceu esta séria advertência: “Pois, que adiantará ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?…” (Mateus 16:26).

Próxima semana tem mais!


Sérgio Fortes é mentor e consultor em logística e negócios estratégicos corporativos. Como membro do CBMC na cidade de São Paulo, Brasil, coordenou a revisão e tradução do “Monday’s Manna” e a tradução em português por mais de 20 anos. Ele permanece comprometido com o Senhor Jesus em Sua missão de fazer discípulos. Tradução de Mércia Padovani. Revisão de Juan Nieto (jcnieto20@gmail.com).


MANÁ DA SEGUNDA® é uma reflexão semanal do CBMC – Conectando Business e Mercado a Cristo, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2021 – DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL –  E-mail: adm.mana@cbmc.org.br -Desejável distribuição gratuita na íntegra. Reprodução requer prévia autorização. Disponível também em alemão, espanhol, francês, inglês, italiano e japonês.


Questões Para Reflexão ou Discussão  

1. Você assistiu aos recentes Jogos Olímpicos? Se o fez, quais foram suas impressões? O que você pensa das histórias de trabalho duro e sacrifícios que os atletas se impõem para se prepararem para os níveis mais elevados de competição global?

2. Em cada uma das competições, conquistar o ouro é o único foco. Todos sonham em colocar a medalha de ouro no pescoço e subir ao pódio orgulhosamente. Que tipo de “ouro” você está buscando ganhar em sua carreira ou mesmo em um dia típico de trabalho?

3. O antigo rei Salomão disse, depois de se permitir todas as formas de prazer e realizar todos os projetos que imaginou que tudo era como “correr atrás do vento”. Em outras partes do livro de Eclesiastes ele declarou que a busca por coisas temporárias é “vaidade” e “sem sentido”. Como você reage a esta avaliação? Você acha que ele era sobretudo cínico e pessimista?

4. Jesus Cristo encorajou Seus seguidores a “buscar em primeiro lugar o reino de Deus”, perguntando se, mesmo que alguém pudesse ganhar o mundo inteiro, valeria a pena se por isso perdesse sua alma eterna? Você concorda? Como você avalia sua vida à luz dessas declarações? 

Nota: Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Provérbios 11:14, 28;  18:11;  15:16;  30:8-9;  Mateus 6:19-34;  I Coríntios 9:24-27.  

Continue Reading
Clique para comentar
0 0 vote
Vote nesse Artigo
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

COGNOS SPACE - Todos os direitos reservados

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x

Design by VENONE Agência de design