Connect with us

Aprendizado

Dificuldades – Oportunidades ou Obstáculos?

Nicole Rizzutti Lemos

Publicado

em

Tempo de Leitura: 3 minutos

“De onde eu vim?” Por que estou aqui?” Para onde estou indo?” Estas são as três perguntas mais importantes que alguém pode fazer a si mesmo em qualquer tempo.  Há cinquenta anos, eu entendi que para estas perguntas eu não tinha resposta. Com o passar dos anos, isso foi me incomodando cada vez mais. 

Em meio ao meu processo de raciocínio, sempre acreditei que existia um Deus, mas eu não O conhecia pessoalmente. Você só pode conhecer Deus quando Ele escolhe Se revelar, e Ele escolheu Se revelar por meio de Sua Palavra escrita, a Bíblia. Há cinquenta anos, passei por uma exposição transformadora à Bíblia, através de uma pessoa que acreditava que ela era a Palavra inspirada de Deus. Enquanto meu amigo a apresentava, verso por verso, página por página, eu ouvia.   

Finalmente, decidi que, se o que aquele homem estava me ensinando era verdade, e que eu podia de fato conhecer Deus pessoalmente, eu desejava conhecê-Lo, estando disposto a encontrá-Lo em Seus termos, e não nos meus. Basicamente, como alguém já descreveu, “saí da caverna com as mãos para o alto”.  Jesus disse: “Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a Minha voz e abrir a porta, entrarei e cearei com ele, e ele comigo.” (Apocalipse 3:20).  

Em resposta a esse convite, com uma oração simples, eu pedi a Cristo que entrasse em minha vida – assumisse o controle de minha vida e me tornasse a pessoa que Ele queria que eu fosse. Então, eu comecei a ler e estudar a Bíblia por mim mesmo e, por fim, encontrei respostas para as três importantes perguntas acima mencionadas, bem como para muitas outras perguntas.  

Frequentemente ouço pessoas dizerem que se você simplesmente permitir que Deus assuma o controle de sua vida, tudo será maravilhoso. Essa, porém, não tem sido minha experiência. Conheci os momentos mais difíceis de minha vida desde que passei a ter fé. Para mim, os desafios que tenho enfrentado desde que me tornei um seguidor de Jesus foram de longe muito mais difíceis do que voar em combate sobre o Vietnã do Norte.   

Minha primeira grande crise de fé envolveu um versículo das Escrituras que parecia muito perturbador para mim. Ele diz: “Dêem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus.” (I Tessalonicenses 5:18). Orei durante circunstâncias difíceis e dolorosas, e até mesmo agradeci, mas então precisava dizer a Deus: “O Senhor sabe que na verdade eu não quero dizer isso, Deus, porque como posso ser grato por essa situação?”   

Então, comecei a considerar o versículo do livro de Hebreus: “Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dEle se aproxima precisa crer que Ele existe e que recompensa aqueles que O buscam.” (Hebreus 11:6). Eu me conscientizei que poderia viver grande parte de minha vida sem precisar exercer uma grande porção de fé. Não é preciso muita fé para avançar na vida quando as coisas estão correndo do meu jeito. É totalmente diferente, porém, quando eu sinto como se o meu mundo estivesse desmoronando.    

Em todos aqueles momentos pude continuar somente por meio da confiança em Deus e por deixar o desfecho em Suas mãos. Isso requer muita fé. Quando entendemos que a fé é a única coisa que agrada a Deus, aqueles momentos difíceis pelos quais todos passam podem ser vistos como oportunidades para agradá-Lo, e não como obstáculos. Descobri que eu posso, assim, dar graças nas dificuldades e em quaisquer outras circunstâncias que eu enfrente e realmente me sentir grato, porque Deus de fato deve me amar para me dar tantas oportunidades de agradá-Lo e crescer e amadurecer em minha fé.   

E quanto a você? Quando enfrenta desafios difíceis, quando se confronta com momentos de adversidade que não pode vencer facilmente, você enxerga essas dificuldades como obstáculos…ou como oportunidades?  

Próxima semana tem mais!


William “Fritz”Klumpp é um piloto veterano da Marinha dos Estados Unidos, tendo servido durante a Guerra do Vietnã; um ex-piloto da Delta Air Lines, executivo imobiliário e ex-diretor executivo do CBMC. Tradução de Mércia Padovani. Revisão de Juan Nieto (jcnieto20@gmail.com).


MANÁ DA SEGUNDA® é uma reflexão semanal do CBMC – Conectando Business e Mercado a Cristo, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2022 – DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL –  E-mail: adm.mana@cbmc.org.br -Desejável distribuição gratuita na íntegra. Reprodução requer prévia autorização. Disponível também em alemão, espanhol, inglês,e japonês.


Questões Para Reflexão ou Discussão  

1. Quando desafios ou adversidades surgem em sua vida, como você reage? Dê um exemplo recente e diga como lidou com ele. 

2. Você já ouviu alguém dizer que depois que você entrega sua vida a Deus tudo vai correr bem para você, tudo será maravilhoso e cheio de alegria? Se você tem um relacionamento pessoal com Deus, como tem sido sua experiência a esse respeito?

3. Como você define “”? Que papel a fé desempenha na capacidade de fazer o que a passagem da Bíblia diz – dar graças em todas as circunstâncias – não importando o quão difíceis elas sejam?

4. Como você reage à sugestão de que podemos – ou devemos – ver os momentos difíceis como oportunidades e não obstáculos? Explique sua resposta. 

Nota: Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Provérbios 3:5-6; Jeremias 29:11-13;  33:3;  Romanos 5:3-5;  Filipenses 4:6-7;  Tiago 1:2-7. 

Recentes:

Continue Reading
Clique para comentar
0 0 vote
Vote nesse Artigo
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

COGNOS SPACE - Todos os direitos reservados

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x

Design by VENONE Agência de design