Connect with us

Aprendizado

Buscando a ‘Liderança R.A.R.A.’ no Trabalho

Nicole Rizzutti Lemos

Publicado

em

Tempo de Leitura: 3 minutos

No livro Rare Leadership in the Workplace, (N.T.: ainda sem tradução para oportuguês, algo como Liderança Rara no Mercado de Trabalho) seus autores, Marcus Wamer e Jim Wilderusam a palavra “R.A.R.A.” (R.A.R.E.) como um acrônimo para mostrar princípios de como atingir a maturidade como líder. O primeiro R indica Relacionamentos”. Eu gostaria de explorar esses princípios a partir da minha própria experiência vocacional.  

Quando trabalhava na área contábil, uma administradora pensou que eu havia menosprezado sua autoridade. Ao invés de me repreender pessoalmente de forma apropriada, fui chamado do seu escritório para que um sócio e essa administradora pudessem me humilhar e depreciar. Se ela tivesse pensado em preservar nosso relacionamento, eu teria aprendido uma lição importante e corrigido minhas ações.  Ao invés disso, sentindo-me humilhado e aborrecido, deixei o emprego imediatamente. 

A Bíblia fala sobre isso. Efésios 4:32 nos diz: “Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus os perdoou em Cristo.” Quando surgem problemas no trabalho, eles podem ser tratados com reprovações ou você pode manter-se relacional, resolvendo o problema sem arruinar o relacionamento. 

O “A” em “Liderança R.A.R.A.” indica “Agir como você mesmo”.  Um dos meus antigos chefes exemplificou essa qualidade quando um cliente começou a agredir verbalmente um dos funcionários do nosso banco. Meu chefe interveio, confrontou o cliente e, quando a discussão ficou mais acalorada, ele deu ao cliente um cheque no valor total de seu saldo bancário e encerrou a sua conta. Meu chefe agiu como ele mesmo, a pessoa adulta no recinto. 

Jesus declarou: “…Ele Me enviou para proclamar liberdade aos presos e recuperação da vista aos cegos, para libertar os oprimidos.” (Lucas 4:18).  Líderes fortes e maduros agem como adultos. Eles não são manipulados facilmente e são protetores, não predadores.  

O segundo “R” em “Liderança R.A.R.A.” indica “Retorno à alegria”.  Anos atrás perguntei a uma funcionária como ela estava indo. Embora ela respondesse “Bem”, pude ver que ela não estava “bem” – claramente havia algo que a perturbava. Olhando em seus olhos, eu disse: “Como você está realmente indo?” Lágrimas brotaram quando ela começou a compartilhar seus receios e preocupações. Mais tarde ela disse que aquele simples ato a ajudara a recuperar a alegria, embora suas circunstâncias ainda fossem difíceis. 

Encontramos esse princípio sendo ensinado em Provérbios 15:23: “Dar resposta apropriada é motivo de alegria; e como é bom um conselho na hora certa!”

O último “A” em “Liderança R.A.R.A.” indica “Aguentar firme as dificuldades”.  James Parker foi nomeado CEO da Southwest Airlines apenas alguns meses antes de 11 de setembro de 2001, dia do ataque terrorista aos Estados Unidos. A maioria das linhas aéreas reagiram imediatamente começando a dispensar pessoal e cortar despesas. Parker, entretanto, não despediu nenhum funcionário nem reduziu seus salários. Ao contrário, ele transmitiu calma e exerceu uma liderança firme para sua equipe. Ele provou que a Southwest valorizava seus funcionários mais do que os resultados fiscais. 

Grandes líderes não são reconhecidos durante períodos de prosperidade. Ao contrário, eles são reconhecidos como grandes por terem aguentado firme nos momentos difíceis. Como Hebreus 10:36 admoesta: “Vocês precisam perseverar, de modo que, quando tiverem feito a vontade de Deus, recebam o que Ele prometeu.” 

Com base nos princípios acima, você considera que está exercendo uma “Liderança R.A.R.A“?  

Próxima semana tem mais!


Rick Boxx é presidente e fundador da “Integrity Resource Center”, escritor internacionalmente reconhecido, conferencista, consultor empresarial, CPA, ex-executivo bancário e empresário. Adaptado, sob permissão, de “Momentos de Integridade com Rick Boxx”, um comentário semanal acerca de integridade no mundo dos negócios, a partir da perspectiva cristã.  Tradução de Mércia Padovani. Revisão de Juan Nieto (jcnieto20@gmail.com).


MANÁ DA SEGUNDA® é uma reflexão semanal do CBMC – Conectando Business e Mercado a Cristo, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2022 – DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL –  E-mail: adm.mana@cbmc.org.br -Desejável distribuição gratuita na íntegra. Reprodução requer prévia autorização. Disponível também em alemão, espanhol, inglês,e japonês.


Questões Para Reflexão ou Discussão  

1. O “Maná da Segunda” está disponível em muitas línguas, assim, o acrônimo usado para “RARE Leadership” pode não ser traduzido muito bem. Mas o ponto é: esses quatro princípios não são tão comuns como deveriam ser no ambiente de trabalho atual. Qual desses princípios parece ser o “mais raro” para você? 

2. Em sua opinião, o que capacita um bom líder a permanecer atento aos relacionamentos? Dê um exemplo e descreva alguém que faça isso com sucesso. E quanto a você, o quão eficiente é em manter relacionamentos?

3. O princípio “Retorno à alegria” não trata necessariamente da capacidade de fazer as pessoas se sentirem felizes, especialmente quando suas dificuldades permanecem sem solução. Entretanto, é sugerido que mesmo assim elas podem experimentar alegria. Qual é para você a diferença entre felicidade e alegria?

4. Como você define “perseverança”? De que forma essa qualidade realça a eficiência e credibilidade de um líder, especialmente em momentos de grande dificuldade?

Nota: Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Gálatas 5:13-14;  Filipenses 2:3-4;  4:6-7;  I Tessalonicenses 5:16-18; Romanos 5:3-5;  Tiago 1:2-4. 

Recentes:

Continue Reading
Clique para comentar
0 0 vote
Vote nesse Artigo
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

COGNOS SPACE - Todos os direitos reservados

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x

Design by VENONE Agência de design